quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

(Des)Pedaços




Para você que hoje me (des)cuida e renuncia... Claro
 que em mim 'jazz' antagônica ciranda e (des)merecimento  
Estou em (des)pedaços... 
Alfinetada pelos fragmentos agudos do (des)encanto
Estou 'entremeio(s) - Latitudes (des)consideráveis' eu diria
Mas, se (des)preocupe... É previsível a desdita de que 
TUDO vá se ajeitar se sujeitando ao (des)caminho
mesmo que (des)confortável(mente).
É sempre assim, (des)iludida eu diria... Para mim, para ti e
 para os milhões de (des)esperados (des)amparados 
em suas mais profundas e agudas manifestações 
de (des)pertencimento



3 comentários:

Loba Azul disse...

https://www.youtube.com/watch?v=ST7aZT7kyis&list=UUw-JmZNOB71U5wFisRWfOjg

Anônimo disse...

Lindo!!!

Beijos Loba!

Martha

Loba Azul disse...

Obrigada,Martha...
Seja bem vinda!