sábado, 3 de março de 2012

If You Go Away


If You Go Away ( tradução)

Se você for embora nesse dia de verão,
Então você deve também levar o sol embora
Todos os pássaros que voavam no céu de verão
Quando nosso amor era novo e nossos corações estavam elevados
Quando o dia era o jovem e as noites eram longas
E a lua se manteve para a canção do pássaro da noite
Se você for embora, se você for embora, se você for embora.

Mas se você ficar, eu te farei um dia
Como nenhum dia jamais foi, ou será de novo
Nós velejaremos no sol, nós cavalgaremos na chuva
E falaremos com as árvores e adoraremos o vento
Mas se você for, eu entenderei
Deixe-me apenas amor suficiente pra preencher minha mão
Se você for embora, se você for embora, se você for embora.

Se você for embora, como eu sei que você vai
Você deve dizer ao mundo pra parar de girar
Até que você retorne novamente, se você um dia o fizer,
Pra que bom é o amor sem amar você?
Posso te contar agora, à medida que você se vai
Eu estarei morrendo lentamente até o próximo 'oi'
Se você for embora, se você for embora, se você for embora.

Mas se você ficar, eu te farei uma noite
Como nenhuma noite jamais foi, ou será de novo
Eu velejarei no teu sorriso, e cavalgarei no teu toque
Eu falarei com seus olhos que eu tanto amo
Mas se você for, eu não vou chorar
Apesar de o bom ter ido embora da palavra 'adeus'
Se você for embora, se você for embora, se você for embora.

Se você for embora, como eu sei que você deve
Não sobra nada nesse mundo pra se acreditar
Apenas um quarto vazio, cheio de espaço vazio
Como o vazio que eu vejo em seu rosto
Eu seria a sombra da sua sombra
Se você tivesse me mantido ao seu lado
Se você for embora, se você for embora, se você for embora.

De Los Lábios para Los Besos em nosso terceiro San Valentin

2 comentários:

Los Besos disse...

Nunca sairei de perto de ti. A distância máxima que puedo suportar es aquella em que possa sentir o ar sair da tua boca dando-me aliento.
TE AMO y te amo y te amo y te amo!

Loba Azul disse...

Jamais sairei do teu lado... Ouça-me, "Jamais"!