terça-feira, 31 de março de 2015

Tem dias...



tem dias meu amor
em que sopra um pé-
de-vento pela casa e o
que restou da tua presença
vai por todo lado

rodeada de ti te recolho
por entre escombros:
alguns pedaços são cartas
outros pedaços retratos
outros ainda a saudade do
 volume dos teus ombros

4 comentários:

Lucia de Fátima disse...

.... Muito lindo .....

Loba Azul disse...

Obrigada pela visita, Lucia.

Abraços

Anônimo disse...

Seu blog é lindo demais. O que vc diz e sente é lindo e intenso demais, loba. Tem vezes qe até choro sentindo o teu sentir.
Obrigada pelo espaço e por este seu sentir tão profundo. Espero verdadeiramente que vc não sofra o que vc coloca aqui.

Anônimo disse...

Desculpa. Quis dizer no sentido de vc não sentir parte dolorida. De resto, melhor é sentir mesmo até faltar o ar!