segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Para mi Angel


Queria que você estivesse ao meu lado, com sua mão querida, com seu escudo me protegendo desse enorme temor e inquietude de vazio que sinto... Eu sempre te amei e sempre irei te amar. Não agüento mais este silencio, esta dor, esta ausência de alma em mim. Estou doente sem nós e eu SINTO que você está assim também. Queria tanto recuperar pelo menos uma pequenina parcela de minha alma desmembrada. Ao menos uma mísera certeza absoluta de tudo o que desejava conseguir. Umas flores de esperança de vida. _O ramalhete que os anjos me ofertaram, de tão lindo, secou rápido demais, mostrando os escuros espinhos que agora, me penetram profundamente, fazendo com que meu coração se encolha ferido, agoniado, com medo de tudo _Da dor que se fez a pior e a mais expressiva dos últimos tempos, quando todos os sentimentos me parecem pela metade e só à tristeza tem capacidade de parecer íntegra, completa; cúmplice absoluta de minha saudade e expectativa. Estou doente de tanta saudade de ti e de nós.


[Los Lábios]


2 comentários:

Los Besos disse...

Mi Angel adorado!
Yo te amo y desde siempre te he esperado. Solo tu tienes la capacidad de ofrecerme el perfume de las flores todos los dias.
SIEMPRE estaré ctg...SIEMPRE me muero de ganas de ti, SIEMPRE te echo de menos porque das vida a todo en mi vida...eres mi vida, mi amor y lo unico con no me puede faltar.

Los Labios disse...

Sempre, entende? Sempre serei tua!